Criando uma aplicação em Nodejs

Fala dev, tudo bem? Neste artigo vamos criar nossa primeira aplicação em Nodejs, então sem mais conversa bora coda?

Instalando o Nodejs e o Yarn

Temos dois artigos aqui no site, onde ensino passo a passo a instalação do Nodejs e o Yarn, no artigo ensino instalar no Linux, caso você use o da uma pesquisada no Google é bem simples a instalação.

Instalando o NodeJS

Instalando o Yarn

Agora vamos colocar a mão na massa. Siga os passos a baixo !!

  • Passo 01: Crie um diretório [nome você escolhe];
  • Passo 02: Entre neste diretório que você criou;
  • Passo 03: Abra o terminal dentro do diretório;
  • Passo 04: Escreva o seguinte código:
yarn init -y

Seu terminal deverá está parecido com esse:

aplicação em Nodejs,

O comando yarn init -y cria um arquivo chamado package.json, vamos abrir o nosso editor de código, neste artigo estarei usando o vccode, mas fique a vontade para usa um de sua preferencia.

aplicação em Nodejs,

O arquivo package.json contém algumas informações, tais como o nome da aplicação, a versão, o arquivo base e a licença, porém essas informações só serão utilizadas caso o nosso projeto fosse ser disponibilizado para terceiro, caso contrário não vamos fazer uso. O package.json tem é responsabilidade por gerenciar nossos módulos e dependências, ou seja, tudo que instalarmos de terceiros vai ficar neste arquivo..

Instalando express

O Express é um microframework do Nodejs, o Express vai nos dá algumas funcionalidades padrão e irá facilitar muito a nossa vida. Claro que o Express é bem mais complexo do que citei, caso você tenha interesse em estudar e aprender de forma 100% prática com projetos reais CLIQUE AQUI. Então vamos instalar o Express em nosso projeto com o seguinte comando.

yarn add express

aplicação em Nodejs

Observe que o arquivo package.json foi alterado, agora temos um objeto com o nome “dependencies” e o nosso Express com o número da versão atual, isso é muito importante pois se outro programador pegar o nosso projeto ele não precisará o Express na mão, só é necessário executar o seguinte comando no terminal yarn e automaticamente todas as dependências serão instaladas.

Arquivo Raiz

Vamos criar nosso arquivo raiz, nele será escrito a base de toda a aplicação, então vamos criar o o nome "index.js" outro nome bastante utilizado é o "app.js" fica a sua escolha beleza, neste arquivo vamos escrever o seguinte código:

const express = require('express')

const server = express()

server.get('/teste', () =>{
    console.log('Estamos no caminho certo !!')
})

server.listen(3000)

Começamos importando o Express, a partir deste momento todas as funcionalidades que o Express expõe vai está presente na variável "express". Agora vamos iniciar nosso servidor criando uma const "server" e instanciando o express. Para vermos isso funcionando precisamos criar nossa primeira rota, existem quatro tipos de métodos de rotas diferentes, são ele o get, post, put e o delete. Na linha 5 estamos falando o seguinte, oh quando a url /teste for chamada execute a função console.log() e exiba a mensagem no terminal. Vamos iniciar servidor, para fazer isso precisamos que ele escute alguma porta, então na linha 9 estamos mandando o servidor fica ouvindo a porta 3000, vamos testar, abra o terminal, e execute seguinte comando:

node index.js 

Abra navegador e digite na barra de endereço: https://localhost:3000/teste. Note que o navegador ficou carregando, isso está acontecendo porque ele está esperando alguma resposta do nosso servidor, se formos olhar no terminal, veremos que a mensagem que escrevemos na função consolo.log() está aparecendo. Para paramos a execução do servidor no terminal, pressionamos ás teclas ( ctrl + c ).

Passando um retorno para o front-end

const express = require('express')

const server = express()

server.get('/teste', (req, res) =>{
    return res.send('Hello world')
})

server.listen(3000)

Essa função que criamos depois do "/teste" ela possui dois parâmetros o "req" e o "res" o req representa todos os dados da nossa requisição, o usuário pode enviar vários parâmetros através do req são eles:

Query Params;

Route Params;

request body

Não vou entrar em detalhes neste artigo aqui sobre, caso você tenha interesse em se aprofunda em Nodejs te recomendo o nosso curso Programador Full Stack JavaScript em 8 semanas! la explicamos tudo com detalhes e exemplos, criando na prática aplicações reais usando o Nodejs. No parâmetro "res" vamos ter todas as informações que precisamos para retorna uma resposta para o meu front-end, então vamos retorna um simples texto usando a função send(). Para testar rode o seguinte comando no terminal:

node index.js

Abra o navegador e digite localhost:3000/teste

aplicação em Nodejs,

Uma API normalmente não retornar texto, e sim formatos como JSON ou XML, para enviamos um JSON por exemplo, vamos ao código:

const express = require('express')

const server = express()

server.get('/teste', (req, res) =>{
    return res.json( {message: 'Hello World' } )
})

server.listen(3000)

Faça o mesmo procedimento para executar o código e agora temos uma API retornando um json.

Criando as rotas post, put e delete

Para podemos testar esses métodos, vamos precisar de uma ferramente, neste artigo vou usar o Insomnia, tem versão para Mac, Linux e Windows existe também o postman, fique a vontade na escolha.

Antes de criamos nossos métodos com o Insomnia, precisamos entender um pouco sobre como funciona os métodos e como podemos captura-los através da url, vamos a um exemplo. Vamos ao navegador e digitamos o seguinte: http://localhost:3000/teste?nome=Joao

aplicação em Nodejs,

Não temos nenhum feedback visual, pelo menos por enquanto, mas digamos que queremos que o nome que digitamos na barra do navegador apareça no corpo da mensagem, vamos ao código:

const express = require('express')

const server = express()

server.get('/teste', (req, res) =>{
    
    const nome = req.query.nome

    return res.json( {message: `Buscando o usuário ${nome} `} )
})

server.listen(3000)

Criamos uma const chamada "nome" onde essa variável receberá o req.query.nome, ou seja, então a variável nome irá receber o conteúdo que digitamos lá no navegador, e para mostrar esse nome, vou usar um recurso novo do JavaScript que é as templates string. Bom com essa alteração, podemos continuar nossa API, lembrando que temos um super treinamento onde passamos por cada detalhe do Nodejs para sabe mais clique aqui.

Capturando um id pela url

Abra seu navegador e digite https://localhost/teste/1

const express = require('express')

const server = express()

server.get('/teste/:id', (req, res) =>{
    const id = req.params.id

    return res.json( {message: `Buscando o usuário ${id}` } )
})

server.listen(3000)

Vamos fazer uma pequena alteração em nosso código para capturamos o nosso ID:

server.get('/teste/:id', (req, res) =>{
    const id = req.params.id

    return res.json( {message: `Buscando o usuário ${id}` } )
})

Com essa pequena alteração, conseguimos capturar o id especifico digitado na url do navegador. Agora vamos abrir nossa ferramente para realizamos nossos testes.

aplicação em Nodejs,

Criando Requisições

Abra seu navegador e digite https://localhost/teste/1

aplicação em Nodejs,

Melhorando nossa API

const express = require('express')

const server = express()

const users = ['Tipscode', 'Dukeza', 'Tux']

server.get('/teste/:index', (req, res) =>{
    const { index } = req.params

    return res.json(users[index])
})

server.listen(3000)

Precisamos salvar esses usuários em algum lugar da aplicação, como esse artigo não se propõe a mostrar nenhum banco de dados, não vamos utilizar dessa forma. O Nodejs quando é executado ele guarda em memoria todas as variáveis criadas no projeto, e o legal é que elas não são recriadas quando o usuário faz uma nova requisição, então vamos criar um array “users” para guarda esses usuários, em nosso parâmetro ao invés de receber o id vou pegamos o index que é a posição do usuário e no retorno, retornamos só users que é nosso array de acordo com a posição do index.

Finalizando API

CRUD - Create, Read, Update, Delete

Nossa aplicação está começando a ganha forma. Nesta parte, vamos escrever o GRUD na nossa aplicação, GRUD significa create, read, update e delete, não vou foca em explicar detalhadamente se não o artigo ficará muito grande, mas basicamente nossa API vai criar um usuário, listar, alterar e deleta esses usuários. Vamos ao código fazer essas modificações.

Listando usuários

const users = ['Tipscode', 'Dukeza', 'Tux']

server.get('/users', (req, res) =>{
    return res.json(users)
})

Criarmos uma rota, onde lista todos os usuários essa função não precisa receber parâmetros, apenas um json com todos os usuários que estiver em memória. Vamos abrir o Insomnia para testar a lista de usuários.

Criando usuário

Vamos ao código

server.post('/users', (req, res) => {
    const { name } = req.body

    users.push(name)

    return res.json(users)
})

Criamos uma const “name” onde receberá o corpo da requisição, depois fazemos users.push(name) e o médoto push() adiciona ao array o elemento que passamos, neste caso o conteúdo da variável “nome” e por fim retornamos esse users. Salvamos e executamos o código com node index.js, agora vamos abrir o insommnia e criar as requisições para testamos nossa aplicação. Veja a figura abaixo.

aplicação em Nodejs,

aplicação em Nodejs,

Veja que deu um erro, isso aconteceu por que o express tem várias formas de receber o corpo da requisição, uma delas é o json, vamos usar o json na maiorias das vezes, mas precisamos dizer isso ao express, oh express vamosa usar o formato json beleza, passando isso para o código escrevemos o seguinte:

server.use(express.json())

Vamos testar novamente !!

aplicação em Nodejs,

Agora nossa aplicação está fazendo as duas operações básicas do GRUD, criando usuário e listando usuário, vamos agora editar esse usuário.

Editando usuário

Para fazer a alteração do usuário precisamos saber qual o usuário especifico para editar, então precisamos localizar esse usuário, para fazermos isso, precisamos percorrer o nosso array e identificar o usuário na posição do array. Vamos ao código!

server.put('/users/:index', (req, res) => {
    const { index } = req.params
    const { name } = req.body

    users[index] = name

    return res.json(users)
})

Primeiro vamos fazer uma alteração no parâmetro da função put(), /users/:index' esse trecho de código que dizer que tudo depois da /: conseguimos captura, depois criamos uma variável “index” e atribuímos o re.params, ou conteúdo do index lá da url será guardada na variável index que criamos, depois criamos outra variável com o nome “name” recebendo o req.body, ou seja, todo o corpo da requisição. Para finalizamos, setamos o array users na posição do índice que capturamos e atribuímos ao name, por fim retornarmos um json com o array users. Agora vamos testar usando a ferramente Insomnia.

aplicação em Nodejs,

Deletando usuário

server.delete('/users/:index', (req, res) => {
    const { index } = req.params

    users.splice(index, 1)
})

Para deleta usamos o método delete(), precisamos também identificar qual usuário deletar, então vamos usar a mesma estratégia do editar, capturando o índice do array, e ai usamos o método splice() basicamente ele percorre todo o array, vai chegar no índice que passamos, ele deleta a posição a partir do elemento encontrado.

aplicação em Nodejs,

Nossa aplicação em NodeJS está pronta, estamos realizando as quatro tarefas básicas do CRUD são elas criar, listar, editar e deletar. Caso você queira clona o código, segue o link do repositório no GitHub clique aqui.

Se torne um desenvolvedor FULL STACK em apenas 8 SEMANAS

O maior treinamento online de JAVASCRIPT voltado 100% para o MERCADO DE TRABALHO. Você vai aprender JavaScript, Lógica de Programação, HTML5, CSS3, Bulma, NodeJs, Express, React, Git, Github.

Quero Participar

Estudante TipsCode

Vagas abertas para o melhor curso de programção Fullstack do Brasil. Clique no botão abaixo para conhecer.